Escrever em conjunto para aprender a escrever – uma experiência de escrita colaborativa no 1.º ciclo do ensino básico no Agrupamento de Escolas da Lourinhã

Gorete Ramos Fonseca, Fátima Alexandrino Nunes

Resumo


O artigo pretende dar a conhecer a experiência de escrita colaborativa de notícias realizada com alunos matriculados no terceiro ano de escolaridade do primeiro ciclo do ensino básico, num agrupamento de escolas da região oeste, utilizando as Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) como ferramenta pedagógica potenciadora de aprendizagens participadas. Procura-se descrever a tarefa proposta, os objetivos e as aprendizagens esperadas, os participantes, o modo como a gestão da aula foi feita pelos docentes envolvidos e o trabalho desenvolvido pelos alunos. As dificuldades sentidas pelos alunos e as descobertas realizadas ao longo dos segmentos didáticos são igualmente objeto de reflexão, procurando, sempre que possível, recorrer a registos escritos produzidos pelos alunos. Por fim são tecidas algumas considerações com base na análise do trabalho desenvolvido, tanto por alunos como por professores.


Texto Completo:

PDF HTML

Referências


Amante, L. (2007). Infância, escola e novas tecnologias. In F. Costa, H. Peralta & S. Viseu (Orgs.), As TIC na Educação em Portugal – Concepções e Práticas. Colecção

Mundo de Saberes. Porto Editora, 102-123.

Balanskat, A., Blamire, R., & Kefala, S. (2006). ICT Impact Report - A review of studies of ICT impact on schools in Europe.European Commission (Ed.). European Communities: European Schoolnet. Retrieved from:

http://ec.europa.eu/education/pdf/doc254_en.pdf

Barbeiro, L. F. & Pereira, L. A. (2007). O Ensino da Escrita: A Dimensão Textual. ME-DGIDC. Lisboa.

Cadima, A., Gregório, C.; Pires, T.; Ortega, C. & Horta, N. (1997).Diferenciação Pedagógica no Ensino Básico: Alguns Itinerários. Instituto de Inovação Educacional.

Fonseca, G. & Alexandrino, F. (2013). Programa Mais Sucesso Escolar: A experiência do 1.º Ciclo do Ensino Básico. In Vilela, A. (Coord.), Promoção de Mais Sucesso Escolar. Projetos Organizacionais. Cadernos, Escola e Formação do Centro de Formação de Associação e Escolas Braga/Sul, 77-106.

Retrieved from: https://alvarovelho.net/presentations/fenix/Promocao_de_Mais_Sucesso_E scolar.pdf

Fonseca, G. (2018). As Tecnologias de Informação e Comunicação na Formação Inicial de Professores do 1.º Ciclo do Ensino Básico: crenças e perspetivas de formadores. Tese de Doutoramento. Instituto de Educação da Universidade de Lisboa. Retrieved from: http://hdl.handle.net/10451/34138

Grave-Resendes, L. & Soares, J. (2002). Diferenciação Pedagógica. Universidade Aberta.

Rodrigues, D. (Org.) (2001). Educação e Diferença – Valores e Práticas para uma Educação Inclusiva. Colecção Educação Especial, Porto Editora.

Teixeira, M., Novo, C. & Neves, E. (2011). Abordagens Relevantes para o Ensino da Escrita – do papel ao digital. Revista Interacções, 19, 238-258. Retrieved from: www.eses.pt/interaccoes




DOI: https://doi.org/10.25757/invep.v9i2.183

Apontadores

  • Não há apontadores.


Copyright (c) 2019 Da Investigação às Práticas: Estudos de Natureza Educacional

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.